Qual é a idade apropriada para matricular uma criança na pré-escola?

Pediatras e educadores discutem os benefícios de colocar as crianças na escola anterior. Muitos pais acreditam que, ao colocar seus filhos na escola, eles ficarão desprotegidos, sujeitos a bactérias, vírus e similares.

Mas hoje, existem, no mercado, escolas qualificadas para o aprendizado de crianças, que também se preocupam, entre outros aspectos, com a saúde do bebê. No passado, acreditava-se que as mães protegiam os seus filhos para que os deixassem em casa, enquanto os pequenos.

Ao frequentar o ambiente escolar, a criança tem contato com amigos, aprende a socializar e inicia o árduo e agradável caminho do conhecimento.

Nessa fase, a criança já pode interagir com o mundo exterior, é mais adequada para aprender, diz ele. O pediatra Pedro Marinangelo, 66 anos, acredita que a melhor idade para colocar uma criança na escola é cerca de dois anos de idade, pois sua imunidade já está mais desenvolvida para lidar com possíveis vírus que você terá contato.

O pedagogo e diretor da Escola São Gabriel diz que não há idade ideal para colocar as crianças na escola. Se os pais têm que trabalhar fora e não podem cuidar do bebê, a melhor opção é, é claro, a escola, diz ele. Segundo ela, depende do que será a outra opção.

Quando os pais têm que trabalhar e não há ninguém em quem você possa confiar para deixar seu filho, é melhor matriculá-lo na escola, pois há profissionais treinados para cuidar das crianças, além de atividades que estimulem o seu desenvolvimento, diz ele. O pediatra também concorda com isso.

O cérebro do bebê nasce pronto, mas ainda não está desenvolvido, ou para ser direcionado para o pleno aproveitamento de cada função. Na pré-escola, a criança terá acesso a atividades que estimulam os aspectos neurológicos, motores e emocionais. Portanto, a idade adequada para o bebê entrar na escola depende do estímulo que você tem em casa, diz Karen da Escola São Gabriel.

Além de causar muitos acidentes, ele pula etapas de desenvolvimento. Muitas crianças que usam esse objeto podem estar gaguejando, como ignorar os passos para rastrear, segurar, soltar e, a pé, através de associações no cérebro, a criança também pode pular passos no desenvolvimento da linguagem, por exemplo, causar distúrbios, diz Karen. Quando uma mãe, mesmo que não trabalhe ao ar livre, não tem tempo e deixa a criança no andarilho, na pocilga ou mesmo no carro, e o bebê vai perder preciosos períodos de atividades que estimulam a sua maturação. O andarilho é um grande erro. Há outros casos em que a melhor opção é colocar a criança mais cedo na escola.

Se a criança acordar bem e se o dia for agradável, a mãe pode levar a criança para a escola, porém, se a criança acordar meio chorando ou estiver um dia frio, é melhor não levá-la. O pediatra Pedro Marinangelo reconhece a importância da escola, mas acredita que, se possível, antes dos dois anos de idade, ela deve ser vista como uma caminhada e não como uma obrigação.

Não só na escola, mas em parques, restaurantes, festas e lugares públicos, a criança está sempre em contato com bactérias. No ambiente familiar a criança é menos propensa a doenças, mas por outro lado, não é possível manter uma criança fechada o tempo todo.

Todos os utensílios utilizados pela criança são pessoais e esterilizados após cada uso. Escolas de qualidade, como a São Gabriel, adotam medidas rigorosas para evitar que as crianças contraiam doenças. Mesmo as babás que lidam com bebês se lavam em cada troca de roupa, fraldas, banho ou dados.

Quando um bebê está febril, e é mantido em um local privado, com especial atenção à sua melhoria e para salvar os outros alunos. Além disso, a escola proíbe a presença de crianças com doenças infecciosas.

Conteúdo recomendado

  • 73
    Mas tenha cuidado na sua escolha, há escolas piratas! Atraídos por valores baixos, os pais não percebem a armadilha. Outubro é o mês da matrícula para o ano lectivo de 200 pais devem preparar-se para oferecer aos seus filhos uma boa educação na primeira infância, porque a pesquisa mostra que…
    Tags: de, a, que, escola, crianca
  • 62
    Você não acha que já é hora de deixar de fumar? Ou será que você já tentou várias vezes? O propósito deste texto é ajudá-lo a parar para sempre, sem necessidade de começar tudo de novo. Em apenas uma semana depois de deixar o fumo, você pode estar livre de…
    Tags: de, que, a